Regatas de Wing foil pelo mundo

Wing foil é uma das modalidades do foil que mais cresce no mundo.

Este esporte é fantástico, nos permite velejar em qualquer idade, sem muito esforço (apenas no início, é claro), e cada vez mais os equipamentos tem evoluído. Veja pelas asas (Wings) criadas desde as versões 1, agora algumas marcas estão na v3. E a versatilidade de velejar em águas calmas, em ondas, fazer downwind, freestyle, etc, tem conquistado muitos adeptos.

Basta ver os eventos no site da WGA (Wingfoil Global Association – (https://www.globalwingsportsassociation.org/ e https://www.wingfoilworldtour.com/)

Neste final de semana tivemos o GWA Wingfoil Race European Championship 2021, no lago St. Moritz, com classes de U16, U19, Feminina, Master e Open Masculino.

 

 

E em São Francisco, Califórnia, na gélida baía tivemos o Wing Foil Racing no St Francis Yacht Club. Impressionante mesmo é a velocidade que os velejadores estão atingindo. No início do Wing Foil tínhamos equipamentos onde o foco era sair da água e se manter planando. E, num tempo muito curto, o avanço do foil de race chegou, permitindo velocidades muito mais rápidas. Claro que tudo isto está associado ao equipamento como um todo, além da aptidão do velejador.

Neste vídeo a seguir, observe a velocidade e perfeição do gybe nos minutos 1:21 e 4:15. Se você acha que é fácil esta execução está muito enganado, requer muito treino e dedicação.

 

 

O mais divertido do wing foil é que podemos velejar em diversas condições de ventos, águas e combinações de tamanho da vela, seu peso, tamanho da asa do foil. Por exemplo, se o vento aumentar, troque a asa da frente do foil para uma menor, caso o vento diminua muito, use uma asa da frente do foil maior, com mais área, te sustentará muito mais. Se você tiver 2 velas, por exemplo, 4 e 7 metros, também poderá combinar de acordo com a condição.

O importante é você procurar uma escola para formá-lo e aprender com segurança, há várias no Brasil. Então, coloque na sua lista aprender Wing Foil e nos vemos na água.

Bons velejos.

 

 

 

Comentários