1º Campeonato Brasileiro de Wing – Buzios

O 1º Campeonato Brasileiro de Wing foi realizado  na Praia de Manguinhos em Búzios, Estado do Rio de Janeiro, a disputa ocorreu entre os dias 29 de agosto e 1 de setembro. Búzios foi escolhida pelos velejadores de todo o Brasil para ser a sede do 1º Campeonato Brasileiro de Wing da história do esporte do momento, no mundo dos esportes radicais, na praia de Manguinhos, por dispor de condições diversas: uma das melhores raias para regatas do mundo, cercada de varias opões de picos de ondas, como a Laje, Praia Rasa e Geribá.

Participaram atletas de todo o país, em 2 modalidades:

O Race, que é uma corrida disputada em forma de regata, para saber quem é o mais rápido do Brasil, com percursos marcados por boias. Subdividido em regatas de percursos no formato slalom no sentido Down Wind ( a favor do vento ) e regatas no formato bar-la/sota ( com contravento ).

E o Wave, que é a modalidade de disputa em locais onda hajam ondas. É como em um campeonato de surf, a disputa é feita através de baterias, julgadas por jurados. Ganha quem fizer as melhores manobras e são somadas as duas melhores ondas de cada bateria.

Esse esporte será a grande sensação desse verão porque é muito fácil de aprender e es-se 1º Campeonato Brasileiro de Wing, que entrou para a história, mostrou que pode ser praticado em várias condições de vento, já que o vento não estava dos melhores durante o evento, que mesmo assim não houve nenhuma dificuldade para serem feitas as 8 regatas programadas e um campeonato completo da modalidade Wave, no meio do mar uma Laje afastada quase 1 km da praia.A organização do evento contou com o Apoio de 2 traineiras para levar todos os atletas e equipamentos para o local e 3 botes para o juízes ficarem próximos das ondas.

O Wing ou Wing Foil como alguns chamam é composto por 2 asas e uma prancha.
Uma asa ou vela de mão, para captar o vento como propulsão, sem cabos como o kite e sem mastro como o windsurf. E uma asa ou foil no lugar da quilha, o que permite que os atletas voem por cima das ondas, sem o contato direto da prancha com mar.

Depois que o velejador está voando, pode pegar as ondas sem a ajuda do Wing de mão, que poderá ser solto inclusive quando estiver surfando as ondas, que não precisam nem quebrar para serem surfadas, podendo serem surfadas quando ainda são vagalhões oceânicos, caracterizando uma nova modalidade de surf: o surf de vaga.

O Campeão na modalidade Wave foi o Tri-Campeão Mundial de Windsurf, o catarinense Kauli Seadi, Seguido pelo Buziano também Campeão Mundial e Pan-americano no SUP Race Vinícius Martins, Seguidos em 3º Pelo Claudio Chain do Rio de Janeiro.

Na modalidade Race tivemos a inversão nas 2 primeiras colocações: o Campeão foi o Vinícius Martin de Búzios e vice o catarinense Kauli Seadi. 3º foi Felipe Cortes do Rio de Janeiro.

O Evento tem apoio da Prefeitura de Búzios, através da Secretaria do Lazer e do Esporte.

0:00 – 05:15 – Race – Borla Sota
5:16 – 10:04 – Race – Slalom
10:05 – 15:10 – Wave

Comentários