Irmãos Ferreira dão show no mundial de Kitewave

mauritius_poster_800

Fillipe e Milla Ferreira brilharam no mundial de kitewave que rolou nas Ilhas Maurício durante essa semana nas perfeitas ondas de One Eye.

O GKA Wave & Strapless Freestyle Tour Mauritius começou no dia 5 de setembro nas Ilhas Maurício e reuniu os melhores atletas de kitewave do mundo.

As Ilhas Maurício é um arquipélago no leste da África que possuem ondas e ventos perfeitos. As Ilhas são o destino favoritos dos velejadores europeus que procuram por praias paradisíacas e ventos constantes.

A competição começou com o trials da categoria masculina, onde os brasileiros Fillipe Ferreira e Pedro Matos avançaram, sem problemas. Os irmãos Ferreira e Pedrinho estavam se sentindo em casa, pois as condições de ondas para esquerda com ventos side-off shore são muito parecidas com o velejo da Barra da Tijuca-RJ, local de treino dos cariocas.

filippe-ferreira-mini-final-gka-mauritius

Fillipe Ferreira

Nas oitavas de final ja tivemos algumas baixas, com o brasileiro Sebastian Ribeiro sendo eliminado em uma bateria disputadíssima contra Mitu Monteiro, que achou um tubo e avançou para as quartas. Segundo Sebastian ” Dei um pouco de azar na minha chave e peguei a lenda Mitu Monteiro logo no segundo round, mesmo com meu somatório alto de 17 pontos, fui batido por 0,5 pontos”.

sebastian-ribeiro-gka-mauritius

Sebastian Ribeiro

Airton Cozzolino atual líder do ranking também foi surpreendido pelo local Jeremy Chan, que achou um belo tubo durante a bateria eliminou o grande favorito do evento.

Airton Cozzolino

Airton Cozzolino

O evento foi afunilando e as semis seriam entre Fillipe Ferreira (BRA) X Patri McLaughlin (USA)  e Keahi de Aboitz (USA) X Matchu Lopez (CBV)

As baterias finais foram um show de kitewave, as ondas lisas e perfeitas com ventos side-off shore variando bastante, mas o suficiente para a realização dos confrontos.

Machu e Patri foram os atletas que acharam as melhores ondas e avançaram para a grande final. Keahi e Fillipe foram para a “mini-final” e o havaiano Keahi levou a melhor terminando com a terceira colocação. O brasileiro Fillipe Ferreira terminou com um ótimo quarto lugar !

patri-semi-finals-gka-mauritius

Patri McLaughlin

Na grande final, após uma longa espera pelas ondas, Matchu Lopes foi consagrado como o grande vencedor do evento. O rider de Cabo Verde mostrou que esta entre os tops do mundo nessas condições e encontrou as melhores ondas durante a sua bateria. Patri McLaughlin, local de Maui, não se encontrou durante a bateria e acabou na segunda colocação.

matchu-lopes-semi-finals-gka-mauritius

Matchu Lopes

Entre as meninas, a local Ninja Bechler foi a grande vencedora, com a brasileira Milla Ferreira na segunda colocação seguida de Moona Whyte.  Todas mostraram um alto nível de kitewave, deixando a categoria feminina cada vez mais técnica.

Os brasileiros se preparam para mais uma etapa do tour mundial da modalidade (IKA) que vai acontecer na China em Pingtan de 20 a 25 de setembro.

Confira algumas fotos e o vídeos oficiais do evento:











Comentários

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta