GKA explica o formato de competição em 2021

Um pouco de história:

Há três anos, o GKA testou um novo formato do freestyle. A modalidade envolveu a maximização das condições, mantendo o envolvimento do público e que mostrou os verdadeiros elementos do kite. O Air Games de 2018 acabou sendo o campo de provas perfeito para o que viria a ser o formato do Global Kitesports Association World Tour.

A GKA já vinha usando esse formato para a disciplina de Kite-Surf e, por isso, após testá-lo no Air Games, nossa equipe de jurados, liderada pelo juiz titular da Global Kitesports Association, Mallory de la Villemarque, decidiu incorporá-lo em todas as disciplinas da turnê mundial do GKA. Mallory tem muito conhecimento em julgamento, tendo começado no PKRA, depois feito a transição para o WKC e, finalmente, para o GKA, onde foi juiz principal por quatro anos. Seu objetivo com o formato é fazer o que estamos sempre tentando fazer no kitesurfe, maximizar as condições.

Estamos todos intimamente familiarizados com competições em um esporte que depende do vento; às vezes você consegue o que quer, às vezes não. Depois de muitas competições em que tentamos fazer funcionar, a GKA decidiu deixar a Mãe Natureza decidir exatamente que tipo de competição vamos realizar.

Esta é uma revisão do Formato de Competição de 2021 para a turnê mundial GKA: O formato é simples e triplo.

1) Maximizar as condições e ajustar as modalidades da competição de acordo com as condições que recebemos.

2) Fazer um excelente show para os espectadores ao vivo e em casa.

3) Demonstrar tudo o que você pode fazer com o kite.

Temos três modalidades em execução para 2021: o Kite-Surf Tour que envolve o kitesurfe de ondas e o freestyle strapless, o Freestyle Tour que envolve o kiteboarding twintip freestyle e big air e o Hydrofoil-Freestyle Tour.

Cada Tour será executado da seguinte forma:

Kite-surf:
A nossa intenção é mostrar tudo o que o kitesurfe com uma prancha de surf tem para oferecer, aproveitando as condições que nos são dadas. No tour mundial do kitesurfe, quando há ondas perfeitas, vamos realizar uma competição de ondas puras com pontos atribuídos para o melhor kitesurfing Wave. Fluxo e estilo. Se não houver ondas boas, faremos uma mistura de freestyle sem alças e surfe com o vencedor mostrando habilidade em ambas as áreas. Se o surf for totalmente plano, vamos realizar uma competição de estilo livre sem alças.

Este formato continua o mesmo desde 2015 e aposta no aproveitamento das condições.

Freestyle:

No tour de freestyle (bidirecional), o formato será ditado pela velocidade do vento. Vamos maximizar as condições incorporando o Big Air à competição quando a velocidade do vento for maior que 30 knots (como uma diretriz geral). Por exemplo, esperamos vento forte em Tarifa. Se no dia da competição tivermos 50 knots, correremos no formato big air puro. Isso nos permite voltar às raízes do kitesurfe e demonstrar as habilidades impressionantes dos velejadores. Mas se as condições nos derem cerca de 20 knots de vento, faremos apenas freestyle puro com handle passes e grabs. Se, por exemplo, as condições do vento entre 28-30 knots, podemos executar uma mistura de big air e estilo livre para coroar o campeão do evento.

Como regra geral, sempre que as condições nos dão vento forte, adicionaremos big air. Este formato permite que o GKA se adapte às condições para realizar a melhor competição possível. Os velejadores devem ser versáteis e multidisciplinares. Ao longo dos anos, vimos pilotos treinando forte no Big Air e esperamos bons resultados em 2021!

Hydrofoil-Freestyle:

Hydrofoil-Freestyle é a mais recente modalidade adicionada ao Tour. A GKA testou o formato no Brasil em 2020 com o evento Superfoil e deu muito certo. Os hidrofoils permitem aos velejadores darem um show incrível mesmo nas condições mais leves, quando seria impossível competir em outras disciplinas. O hidrofoil permite que os competidores saltem de 10 a 15 metros de altura, mesmo com ventos de até 10 a 12 knots. Isso permite que a GKA realize competições em novos destinos que, de outra forma, seriam impossíveis de competir.

O formato de competição para o Tour de hidrofoil consiste em apresentar todos os tipos de freestyle que podem ser feitos em um hidrofoil com um kite. Desde hidrofoil com e sem alças, loops ou manobras. É tudo uma questão de freestyle e o formato da competição irá evoluir ao longo dos anos. Este é apenas o início de uma modalidade com muito potencial!

Esta estrutura permite que a GKA ofereça a melhor competição tanto para os velejadores quanto para os fãs. Sentimos que ele permite que a verdadeira natureza do kiteboarding brilhe enquanto mostramos tudo o que nosso esporte tem a oferecer. Essa estrutura exige que nossos concorrentes sejam mais adaptáveis ​​e mais versáteis ​​em uma variedade de modalidades.

fonte: 2021 Competition Formats Explained | GKA Kite World Tour

 

Comentários