GKA Cabo Verde 2019 – 1º Dia

Condições clássicas para o primeiro dia do GKA Cabo Verde 2019

52 competidores, 39 homens e 13 mulheres, se inscreveram para o GKA Kite-Surf Cabo Verde na lendária onda de Ponta Preta. As condições estavam perfeitas com ondas e vento forte !!!

A temporada em Ponta Preta esta incrível com ventos fortes e seguidos swells entrando no arquipélago, nesta segunda-feira tivemos ondas sólidas de 7 pés e ventos fortes na casa dos 20 nós.

Os riders locais são os heróis desse povo super simpático e acolhedor, Mitu, Airton e Matchu, até os novatos, como Titik Lopes e Riccardo Bettencourt, estão velejando muito e tem o conhecimento da onda que é super técnica e traiçoeira.

Airton Cozzolino

AIRTON

O defensor do título, Airton, começou com tudo na sua primeira bateria. Conseguiu um dos melhores tubos do dia em sua primeira onda e ainda era um dos poucos a conseguir pousar aéreos perfeitos. Ele levou uma das pontuações mais altas do dia com um 9,27!

Mitu Monteiro

MITU

Mitu liderou o kitesurf em Ponta Preta no início dos anos 2000 e vê-lo velejar aqui é uma aula de surf. Nesse primeiro dia ele combinou fluidez e precisão, na sua segunda bateria ele estava rasgava as enormes ondas como se não fosse nada. Mesmo com ventos fracos ele tinha a mesma técnica e power. Ele levou a segunda maior nota do dia com 9,5 para a sua última onda do dia.

Paulino Pereira

PAULINO PEREIRA

Paulino não é um local, mas ele é Português e sempre que bomba algum swell ele voa para Cabo Verde. Ele conseguiu a maior nota do dia um 9,7 ao pegar um tubo incrível em uma das maiores séries do dia.

Matchu Lopes

MATCHU LOPES

O Matchu foi sem dúvida o melhor atleta de backside do primeiro dia, e velejar nessa base com ventos offshore e ondas pesadas é bem difícil. O local estava comi um surf muito técnico e avançando suas baterias sem dificuldade.

TITIK LOPES

Outro piloto local que impressionou foi o Titik Lopes. Ele venceu riders favoritos com uma ótima escolha de onda, conseguindo pegar as maiores ondas do dia.

 

Sebastian Ribeiro

BRASILEIROS

Pedro Matos, Sebastian Ribeiro e Anderson Rebouças foram os brasileiros presentes nesse primeiro dia de evento. Pedrinho deu azar em sua primeira bateria e não teve uma boa escolha de ondas, acabou sendo eliminado pelo local Titik Lopes. Anderson Rebouças, local o preá, fez a sua estréia no mundial e mandou ver com boas atuações avançando dois rounds. Sebastian Ribeiro fez um belo trabalho ao vencer o experiente local Djo Silva com belas ondas surfadas.

Às 18h30, quando o pôr do sol se aproximava, o vento começava a diminuir, os organizadores decidiram por interromper o evento para esta terça-feira. Foram sete horas de competição com condições épicas!

Hoje a ação continua com os atletas brigando por um lugar nas semi-finais. Após os homens, as mulheres subirão ao palco para a primeira rodada e, com condições perfeitas pela previsão !

Sintonize a transmissão ao vivo aqui e se você perdeu o primeiro dia, confira os destaques abaixo!

Confira a galeria de fotos por Ydwer van der Heide – clique aqui!



 

Comentários