Entrevista Sebastian Ribeiro


Terminou nessa terça-feira, 26 de novembro, em Ho’okipa Beach, o Kite Surf Pro Maui.
O evento foi a única prova válida pela KSP na temporada e, consequentemente, definiu o campeão mundial 2013.
As condições estavam perfeitas, dignas do Havaí.
Um dos grandes destaques do evento foi o brasileiro Sebastian Ribeiro (Gokite) que não se intimidou com o nível dos demais competidores e mostrou porque é considerado um dos principais nomes da nova geração.
Durante a semi-final, o carioca, radicado em Floripa, teve seu único revés na prova, perdeu pelo placar apertado de 16.20 à 15.47.
Para não deixar dúvidas a respeito do seu potencial, na disputa pelo 3º lugar, Sebastian veio com tudo, surfou muito e arrancou o maior somatório de toda competição, em um total de 18.87, provenientes de um 9.70 e um 9.17.
Acompanhe a entrevista realizada com o atleta:
Como estavam as ondas durante o evento, as condições foram favoráveis?
Bom, essa é minhas 4ª vez no Hawaii e posso dizer, com convicção, que as condições que tivemos durante a competição foram épicas… condições dignas de Hawaii, ondas e ventos fortes.
O fato de eu estar bem fisicamente, psicologicamente, mais as boas condições de velejo me favoreceram.
Ano passado você ficou em 5º, esse ano em 3º, quais os planos para 2014, ser campeão do mundo?
Ano passado foi um pouco turbulento pra mim, esse ano voltei com muito mais vontade e experiência.
Foi por pouco que não levei esse título pra casa.
O foco agora é concertar esses pequenos erros e ir com ainda mais vontade pro próximo ano, além disso quero viajar bastante e aprimorar meu surf.
Na disputa pelo 3º lugar, você marcou o maior somatório de todo evento. Sente isso como uma vitória pessoal?
Ah, com certeza! Aquela bateria foi alguns minutos depois da semi que acabei perdendo. Foi como descarregar toda energia ruim… vou tentar isso mais vezes (risos).
Quer deixar um recado pra galera que torceu e vibrou com sua apresentação?
Gostaria sim! Quero muito agradecer as milhares de mensagens de carinho que recebi e dizer que fiz de tudo para trazer esse título de volta pro brasil. Ano que vem vou voltar com muito mais vontade…
Sebastian Ribeiro continuará no arquipélago curtindo as ondas e treinando para mais um ano de evolução e competições.
Carioca firmou de vez seu lugar na elite do kite mundial | Foto: Divulgação KSP

Comentários

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta