Brasileiros vencem o VKWC Fuerteventura 2015

71f8f59c-c4db-4a8f-83fb-3b2023bc4751

O último dia do VKWC Fuerteventura foi especial para os brasileiros, Carlos Mário e Bruna Kajiya venceram a modalidade Freestyle. Os organizadores fizeram a chamada logo pela manhã para o início das baterias. A previsão apontava boas condições para a conclusão das modalidades Freestyle e Big Air.

Ao meio dia o vento apresentou condições mínimas para o início da primeira bateria entre Paul Serin (FRA/Naish) vs Carlos Mario (BRA/Slingshot). Os dois atletas usaram kites 14m velejando com 16 nós de vento. Carlos Mario começou bem com um Back Mobe. Serin respondeu com um KGB e Back Mobe. Mario pousou um incrível Heart Attack 5 nos últimos segundos que lhe garantiu a vitória e a vaga nas semi-finais.

065b17fc-0ba1-48d1-898c-0ba44e19399b

A bateria #28 começou com o vento um pouco mais forte. Aaron Hadlow (ING/North) começou com um Front Blind Mobe e Back Mobe 5. David Tonijuan (ESP/Cabrinha) esta mostrando uma grande evolução. O espanhol acertou ótimas manobras, com mais altura e power que Hadlow. Nos minutos finais, Aaron falhou ao tentar um backside 5, o inglês deixou seu kite cair e embolou as linhas. Tonijuan aproveitou a oportunidade para derrotar o inglês e passar para as semi-finais.

Na primeira semi-final (#29), tivemos o campeão mundial (2013) Alex Pastor, contra o atual campeão mundial (2014) Christophe Tack. Pastor entrou na água confiante em seu velejo, acertando um Front Blind Mobe, Back Mobe 5 e um incrível Double Heart Attack nos primeiros minutos. Tack não deixou por menos e acertou um belo Fronside 7 e Backside 5, garantindo a vitória e a vaga na grande final.

A outra vaga para a grande final ficou com o jovem brasileiro Carlos Mario (BRA/Slingshot), que pousou um incrível S-Mobe 7, sendo esta a melhor manobra do evento. Bebê de apenas 17 anos derrotou o espanhol David Tonijuan (ESP/Cabrinha), que fez boas manobras como um Backside, mas não foi suficiente para vencer o brasileiro.

No feminino, Annabel Van Westerop (ARU/Cabrinha) enfrentou Gisela Pulido (ESP/Best), velejando com um kite 9m, Annabel começou com um bom S-Bend to Blind. Gisela trocou seu kite por um 11 m, e pousou um Back to Blind, S-Mobe e um Blind Judge. As duas atletas fizeram uma ótima bateria, mas Pulido garantiu a vaga na grande final.

A brasileira Bruna Kajiya (BRA/Airush), que havia derrotado a campeã mundial Karolina Winkowska nas quartas, veio embalada para a semifinal. Bruna enfrentou Paula Novotna (CHE/North). As duas atletas já se enfrentaram este ano, mas Bruna mostrou mais experiência acertando boas manobras como um Back to Blind e 313. Com isso Bruna garantiu a sua vaga na final contra Gisela Pulido.

Na grande final feminina, um clássico entre a 9x campeã mundial Gisela Pulido e a campeã (2009) Bruna Kajiya. A bateria começou quente com um Heart Attack e Slim 5 de Gisela, que foram respondidos com um S-bend to Blind e S-Mobe de Bruna. A determinação e consistência de Bruna fez a diferença no resultado final que garantiu para a brasileira a sua primeira vitória do ano. Gisela terminou em segundo, seguida de Annabel Van Westerop e Paula Novotna. Todas as mulheres deram um show, com belas performances para o público na Praia de Sotavento.

3da59787-105b-491f-b7d3-fc29e3a07dfc

Após várias tentativas para a realização da final masculina, o vento não apareceu e só diminuía, ao chegar as 5 da tarde o evento foi finalizado. Christophe Tack e Carlos Mario foram consagrados os vencedores da etapa de Fuerteventura com Alex Pastor e David Tonijuan dividindo o 3º lugar.

9fd8e3ae-30a4-438c-b511-223d08f2e172

Bruna Kajiya – “Eu estou muito feliz, foi incrível! Consegui fazer uma ótima bateria contra a Gisela na final. Tive que me arriscar e ir para as minhas melhores manobras e acabei somando pontos importantes para vencer a final e conquistar o titulo do evento ! “

8d109a5b-2e89-453a-bacb-dd28637052cd

Christophe Tack “Eu tive sorte do vento ficar bom para meu kite 12m, fiz uma boa bateria contra o Alex. Consegui realizar boas manobras nos kickers também, como um heel front 720 e toe back 540. Na final comecei bem contra o Bebê com um backside 7 e um KGB 5, mas o vento diminuiu e a bateria teve que ser cancelada. Bebê estava velejando muito e fico feliz em dividir o primeiro lugar com ele !”

Infelizmente não foi possível concluir a modalidade Big Air devido aos ventos fracos.

Foi uma semana de muita ação na Praia de Sotavento em Fuerteventura, com as condições atípicas comparadas aos outros anos. Mas como sempre a praia esteve lotada com centenas de espectadores que vieram para torcer pelos melhores velejadores do mundo.

A próxima etapa do VKWC será em St Peter Ording na Alemanha, começando no dia 21 de agosto.

Fiquem ligados nos releases e redes sociais do Gokite para maiores informações ! Siga e curta nossas páginas  TwitterInstagram e Facebook  !!!

Segue o vídeo e fotos oficiais do evento !

 

Comentários

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta