Abertura oficial da temporada de Kitesurfe na Terra do Vento

O Surfin Sem Fim está na sua 7ª temporada

O evento foi organizado pelo Surfin Sem Fim, para a abertura oficial da sétima temporada de Kitesurfe na Terra do Vento. O selo oferece experiências mundiais através de incríveis downwinds, respeitando a natureza, a poesia, a sustentabilidade e os nativos de cada região.

A praia do Preá é conhecida mundialmente como a “meca” do Kitesurfe, por conta das melhores condições climáticas existentes na região. Ventos alísios (são ventos que ocorrem durante todo o mês nas regiões sub-tropicais), água morna, e mar ideal para esportes aquáticos. A combinação perfeita para dias incríveis de velejo, atraem os amantes do kite para experiências através dos “downwind” – na direção do vento – do Surfin Sem Fim.

   

Os ventos fortes, típicos da região nordeste, são ideais para velejadores experientes e para quem deseja se aventurar no esporte. A temporada inicia no mês de junho e vai até Dezembro.

A rota conhecida como “Terra do Vento”, começa em São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, e vai até Atins, no estado do Maranhão. O Surfin Sem Fim oferece rotas nacionais e internacionais, com percursos que podem partir de 40 até 1.000 quilômetros percorridos pelo mar. Os trajetos são realizados unicamente através do velejo.

Ao som de uma boa música, e um pôr do sol incrível, a pousada Rancho do Peixe, na Praia do Preá, Ceará, foi palco do sunset, na última quinta-feira (18), que reuniu uma galera animada, bonita e atletas importantes do kitesurfe como o Cabo-Verdense, Mitu Monteiro. Para o atleta, que percorre campeonatos mundiais importantes, na categoria Strapless (manobras aéreas), treinar no Brasil, especificamente na Praia do Preá, é um privilégio para poucos. “A temporada de ventos fortes em Cabo Verde chegou ao fim. Hora de me preparar aqui no Preá, e estar no Rancho do Peixe, treinando, junto a minha família, é sorte de poucos”, comentou Mitu. Para o empresário Marco Dalpozzo, idealizador do Surfin Sem Fim e apaixonado pelo Kitesurfe, começar mais uma nova temporada é a certeza de experiências incríveis por todo o trajeto. “ vou deixar o vento me levar”, enfatiza o empresário.

Comentários