Home / Notícias / Eventos / GKA Dakhla Marrocos 2018 – Single Elimination

GKA Dakhla Marrocos 2018 – Single Elimination

Airton Cozzolino vence a Single Elimination e coloca uma das mãos na taça !

A segunda etapa do circuito GKA de Kitesurf Wave 2018 começou nesta quarta-feira em Dahkla – Marrocos. A Single Elimination foi pra água num dia cheio de baterias, ventos fracos, rajados e ondas pequenas. Foram 9 horas e meia de competição para concluir toda a chave masculina e feminina.

A previsão do vento esta ótima porém o swell pode baixar nos próximos dias, os organizadores optaram por acelerar o evento para se previnir de piores condições durante a semana.

Se você ainda não consegue se familiarizar com esse formato de Single e Double Elimination, todos os riders irão pra água novamente, competir a Double Elimination, de acordo com a posição que ficaram na Single Elimination. O vencedor da Single Elimination ja está na final e o vencedor da Double terá uma segunda chance de brigar pelo título.

Neste evento o critério de julgamento das baterias avaliou as notas com o peso de 70% para o surf e 30% para os saltos strapless.

Tony Cili se preparando para o Round 1 / Photo: Ydwer van der Heide

OS PRIMEIROS ROUNDS

Pedro Matos chutando a rabeta / Photo: Ydwer van der Heide

Pedro Matos e seus parceiros de equipe North, Sebastian Ribeiro e Matchu Lopes, estavam com performances incríveis, marcando as melhores notas e subindo na tabela. Matchu teve uma ótima escolha de ondas com um belo surf de backside nas ondas pequenas e foi recompensado chegando até as semi-finais.

Matchu mostrou um belo surf de backside / Photo: Ydwer van der Heide

Airton entrou na água e já mandou uma nova manobra nunca vista antes numa competição, um strapless backroll com board-off board spin. Não foi uma manobra técnica com o kite baixo , mas mostra o repertório desse super atleta que é o cara a ser batido nesssa modalidade.

Airton Airs / Photo: Ydwer van der Heide

ROUND 3

As ondas começaram a baixar no terceiro round, os grandes nomes do circuito começaram a se encontrar em ótimas baterias. Airton avançou com um seu estilo agressivo e ótimas manobras. Paulino Pereira também avançou mostrando evolução no seu surf e estilo.

Paulino estava inovando nas manobras / Photo: Ydwer van der Heide

O jovem australiano James Carew também avançou mesmo tendo problemas em sua prancha. Matchu entregou rapidamente uma nova prancha a Carew para continuar a bateria e seguir no evento. #teamwork.

A manobras de Strapless Freestyle fizeram a diferença em algumas baterias com os riders tendo que se puxar na habilidade para completar as manobras. Algumas séries maiores também entravam e quem soube escolher bem as ondas era recompensado. Keahi após um começo de bateria devagar conseguiu se recuperar e avançou para o próximo round.(Keahi é tetracampeão do evento em Dakhla).

Tetra-campeão do evento Keahi foi até as finais da Single / Photo: Ydwer van der Heide

Os brasileiros foram bem no evento até agora, Sebastian Ribeiro foi o melhor, sendo derrotado por Keahi de Aboitiz nas quartas de final, Pedro Matos ficou nas oitavas sendo barrado por Paulino Pereira e Elias Seadi não deu sorte, pois enfrentou Matchu Lopes logo no primeiro round sendo eliminado.

AS MULHERES ENTRARAM NA ÁGUA

Após uma pausa na categoria masculina foi a vez das mulheres entrarem na água. Ines Correia foi uma das melhores nesses primeiros rounds com uma ótima escolha de ondas. Ela continuou firme nos rounds seguintes e chegou até a semi-final contra Moona Whyte. Carla Herrera Oria e Jalou Langeree também avançaram com facilidade suas baterias até as semis.

Inês Corrêa foi uma das melhores atletas da Single feminina / Photo: Ydwer van der Heide

SEMI-FINAIS

As baterias das semifinais masculina e feminina entraram na sequência no formato back to back. Os ventos foram diminuindo e os riders tiveram que usar os seus maiores kites. Jalou Langeree mostrou estar super treinada e venceu Carla Herrera garantindo sua vaga na final. Carla fez um belo trabalho e ficou para a disputa de terceiro e quarto lugares.

Carla Herrera foi muito em em sua primeira participação / Photo: Ydwer van der Heide

 

Jalou estava dominando as ondas velejando de backside / Photo: Ydwer van der Heide

No masculino, Keahi venceu Mitu na primeira semi-final após uma confusão entre os juízes e a bateria ter que recomeçar. Matchu e Airton fizeram mais uma batalha de conterrâneos e deram um show em condições mínimas de ventos. Airton venceu mais uma bateria e avançou para a grande final contra Keahi.

Keahi foi um dos destaques da Single / Photo: Ydwer van der Heide

Esses atletas geralmente estão nos lugares mais clássicos de ondas e ventos do mundo, mas as vezes as competições acontecem em condições mínimas de ventos e ondas. Mesmo assim não temos como dúvidar que o melhor atleta vence em qualquer condição !

AS FINAIS

No masculino, Airton teve uma vitória apertada sobre Keahi com os dois atletas fazendo milagres em ventos fracos e ondas bem pequenas. A disputa de terceiro e quarto também foi super equilibrada, mas Mitu teve uma melhor escolha de ondas garantindo o terceiro lugar.

Podium Masculino – 1: Airton, 2: Keahi, 3: Mitu, 4: Matchu / Photo: Ydwer van der Heide

Entre as mulheres, Jalou Langeree velejou muito bem de backside em condições difíceis para os Goofys, mas o que fez a diferença foram as manobras strapless. Jalou é uma das poucas atletas que esta treinando esta modalidade, Moona terminou em segundo seguido de Ines e Carla.

Podium Feminino – 1: Jalou, 2: Moona, 3: Ines, 4: Carla / Photo: Ydwer van der Heide


TOP FIVE – SINGLE ELIMINATIONS

MASCULINO

1: Airton Cozzolino (ITA / CBV)

2: Keahi de Aboitiz (AUS)

3: Mitu Monteiro (CBV)

4: Matchu Lopes (ESP / CBV)

5: Ismail Adarzane (MAR)

FEMININO

1: Jalou Langeree (HOL)

2: Moona Whyte (USA)

3: Ines Correia (POR)

4: Carla Herrera Oria (ESP)

5: Kirsty Jones (ING)

RANKING GKA 2018

RANKING COMPLETO GKA 2018

MASCULINO

1: Airton Cozzolino – CBV – 2100 pts
2: Keahi de Aboitiz – AUS – 2067 pts
3: Sebastian Ribeiro – BRA – 2034 pts
4: Pedro Matos – BRA – 2001 pts
5: Elvis Nunes – CBV – 1968 pts

FEMININO

1: Moona Whyte – USA – 2100 pts
2: Jalou Langeree – HOL – 2067 pts
3: Ines Correia – POR – 2034 pts
4: Marie Gautron – FRA – 2001 pts
5: Carla Herrera Oria – ESP – 1968 pts

loading comments...