Home / Notícias / Eventos / Airton Cozzolino vence o GKA Cabo Verde 2018

Airton Cozzolino vence o GKA Cabo Verde 2018

Airton levou o troféu pra casa ! – Photo: Ydwer van der Heide

Airton Cozzolino vence o GKA Cabo Verde 2018 em condições épicas em Ponta Preta – Cabo Verde.

O domingo foi a grande final do campeonato que rolou durante toda a semana com ótimas condições de ondas e ventos na famosa praia de Ponta Preta. A categoria masculina foi o destaque e definiram quem foi o grande campeão do GKA Kite-Surf World Tour Cabo Verde 2018.

A grande baixa do evento foi Matchu Lopes que perdeu nos primeiros rounds – Photo: Ydwer van der Heide

As baterias começaram disputadas com destaque para a vitória de Pedro Matos sobre Matchu Lopes na primeira bateria do 4# round, eliminando o local favorito ao título.

Jan Marcos rasgando forte – Photo: Ydwer van der Heide

Outro local,  Elvis Jose Almeida Nunes começou bem ao vencer o espanhol Gustavo Arrojo. Airton Cozzolino mostrou um velejo diferenciado desde o início do evento ao derrotar o australiano James Carew com manobras inovadoras como um grabbed backroll off the lip.

Ismail Adarzane de Marrocos despachou Ralph Boelen. Logo após seu parceiro de equipe F-One, Mitu Monteiro, assegurou seu lugar nas quartas após vencer o local Bernardo Barros.

Ismail Adarzane estava confortável nas direitas ! – Photo: Ydwer van der Heide

As baterias estavam esquentando, Sebastian Ribeiro fez uma bela bateria ao derrotar Paulino Pereira que teve a única nota 10 do evento. (Confira o vídeo da onda na playlist abaixo)

Paulino Pereira – Photo: Ydwer van der Heide

As baterias das quartas começaram com o brasileiro Pedro Matos indo com tudo pra cima de Jan Marcos Rivera. Com um surf fluído de frontside, o carioca avançou para as semi-finais, seu melhor resultado até o momento no GKA World Tour.

Elvis Nunes foi bem em seu primeiro evento em casa – Photo: Ydwer van der Heide

Keahi, estava bem confortável durante todo o evento e foi avançando suas baterias, o australiano eliminou o local Elvis Nunes nas quartas e garantiu seu lugar nas semis. Airton teve mais trabalho ao enfrentar Ismail, que estava bem acostumado com o velejo de frontside para as direitas. Após uma bateria disputada o local de Cabo Verde venceu e garantiu a sua vaga.

Na última quarta de final, a lenda de Ponta Preta, Mitu Monteiro, teve uma bateria trágica com o brasileiro Sebastian Ribeiro. Mitu arriscou demais ao surfar até o inside e teve suas quilhas destruída nas pedras. Sebastian Ribeiro não perdeu tempo e mostrou um surf afiado e eliminou o local avançando no evento.

Mitu Monteiro deu um show em casa, mas foi derrotado nas quartas por Sebastian Ribeiro – Photo: Ydwer van der Heide

Nas semis, Keahi interrompeu a fantástica performance de Pedro Matos. O australiano mandou muito bem com um surf polido, aerials e uma ótima escola de ondas. Pedro que esteve muito forte durante todo o evento fez uma bela bateria e dificultou a vida da fera australiana.

Keahi de Aboitiz mandando um aerial – Photo: Ydwer van der Heide

A bateria entre Sebastian e Airton foi muito equilibrada, com os dois atletas sedentos por vitória. Airton no detalhe venceu a bateria por uma mínima margem de pontos, as condições estavam bem fracas com o vento baixando dificultado a vida dos atletas.

A final foi uma briga de titãs, com os dois riders mais fortes do tour. Keahi e Airton já competiram várias vezes entre si, mas nunca tiveram uma final do GKA juntos. Airton acertou um dos melhores aerials do evento, atacando as ondas com precisão, arriscando ao máximo sobre as pedras e levou o título.

Keahi respondeu com uma ótima seleção de ondas, com um belo velejo base/lip como os juízes querem ver. Porém as manobras inovadoras de Airton fizeram a diferença. Cozzolino venceu a bateria e pela primeira vez o título GKA em casa.

Keahi velejou muito bem, sempre solto e fluido – Photo: Ydwer van der Heide

Airton fez a festa dos torcedores na praia e foi carregado até o pódio ! O GKA foi realizado pela primeira vez na Ilha e todos estavam muito orgulhosos por ver seu garoto local como campeão do evento.

Os locais de Cabo Verde vibraram com a vitória de Airton Cozzolino – Photo: Ydwer van der Heide

O atleta de Santa Maria – Cabo Verde fez história, começando a temporada com tudo.  Falando sobre a final emocionado, disse … “vencer em casa é incrível. Tivemos que batalhar muito pra chegar ate aqui, estou muito feliz !”

A mini-final foi um confronto entre brasileiros, na bateria uma das maiores séries do dia entrou, e os dois atletas pegaram as melhores ondas do dia ! Sebastian dominou o confronto com um surf bem solto e manobras bem fluídas, provando que tem um dos velejos nas ondas mais bonitos do tour.

Sebastian Ribeiro foi um dos destaques terminando em terceiro lugar – Photo: Ydwer van der Heide

Pedro ficou muito feliz em terminar em quarto, com apenas 19 anos, o carioca da Barra da Tijuca, mostrou que esta evoluindo e esta nos tops do circuito mundial !

Pedro Matos mandou muito no evento finalizando na quarta colocação – Photo: Ydwer van der Heide

Foi um evento incrível com ótimas condições de ondas e ventos ! Segue os resultados finais, confiram também todas as fotos e os vídeos dos evento.

RESULTADOS FINAIS – MASCULINO

1: Airton Cozzolino (CBV / ITA)
2: Keahi de Aboitiz (AUS)
3: Sebastian Ribeiro (BRA)
4: Pedro Matos (BRA)

Assista na íntegra a todos os vídeos do GKA  Kitesurf World Tour – Cabo Verde 2018, em uma playlist oficial de nosso canal !!!

loading comments...