Home / Notícias / Atletas / Vida na Água – Estrada de ondas
CelioKiteLinha

Vida na Água – Estrada de ondas

Estradas de Ondas

Levando na bagagem histórias de vida distintas, profissões muito diferentes e uma vontade em comum: viajar para o paraíso dos esportes com prancha. Deixando para trás a rotina cotidiana, Célio Beleza, Rafael Forti, Thiago Accioly e Felipe Militão, partem rumo a região de Negritos, no norte peruano.

SeloA região de Negritos é um lugar incrível com uma cultura extraordinária. Eles acreditam no poder do oceano pacífico, que protege todos habitantes da costa. As ondas têm condições perfeitas e podem aumentar e engrossar, de uma forma que só riders com experiência se arrisquem, pois uma vaca pode te arremessar contra os corais, pedras ou piers.

Não existe nada próximo aos points, somente algumas casas de madeira sobrevivem na única rua do vilarejo, uma vegetação rasteira e seca, e entre os rochedos a caminho das perfeitas ondas avistamos praias desertas e intocadas.

As opções próximas a Negritos são as melhores e mais variadas em qualidade e tamanho de ondas:

El Golf: Considerado um point break clássico, funciona com maior constância nos meses de maio à junho, pois os swells de sul são mais constantes. Os ventos aqui começam a soprar por volta das 10 horas da manhã e são predominantes offshore (terral).

Providência: Excelente point de esquerdas e direitas, oferece ondas de até 6 pés, perfeitas, lisinhas e tubulares. No inicio da tarde o terral/lateral aumenta, favorecendo os esportes movidos à vento.

Mal Paso: É um pico recheado de ondas pesadas e extensas, nas condições certas podemos ver sessões de tubo e manobras. Dispõe de uma bancada que mistura areia, pedra e coral, com um pier abandonado à sua esquerda, tornando o surf perigoso, principalmente na maré seca. O vento terral é bem mais fraco que nos outros points, deixando surf ou velejo mais adrenalizante e restrito a riders com certa experiência.

Depois de dias tão intensos, quando anoitece estamos literalmente exaustos e é hora de reunir a galera à mesa de jantar para desfrutar da deliciosa culinária saudável do norte peruano, além de rever as imagens iradas captadas durante o dia.

Após vinte dias explorando a região inóspita e intocada de Negritos, chegou a hora da partida, mas com a certeza de missão cumprida e de que voltaremos no próximo ano para velejar e surfar, conhecendo mais e mais o fantástico litoral peruano com suas belezas distintas.

Dicas:

LÍNGUA: Espanhol;

CAPITAL: Lima;

CLIMA: Sub-Tropical àrido;

TEMPERATURA: Entre 25º e 38º com duas estações bem definidas – chuvosa e seca;

BEBIDA: A mais representativa é o Pisco;

CULTURA: Resultado da fusão de diferentes culturas, especialmente da Inca e da espanhola;

RELIGIÃO: Católica;

MÚSICA: Na zona costeira a mais escutada é o Vals Crioulo;

ÍCONE: O cão calvo, que muitas vezes é chamado de cão dos incas;

POLÍTICA: Nos últimos anos tem alternado períodos de ditaduras com democracia, tendo como atual a República Presidencialista;

PICOS DESBRAVADOS: El Golf, Providência e Mal Paso;

TIPO DE BANCADA: Bancada que mistura areia, pedra e coral, com pedaços de piers abandonados;

EQUIPAMENTO: Tamanho indicado de kites: de 07 à 12, depende muito do dia e posição do vento. Perto de El Golf o vento é mais forte. Em Mal Paso tende a diminuir. Para o SUP o ideal é levar pranchas variando entre 7’2’’ à 8’0’’ e para o Surf de 5’10” à 6’1”;

COMO CHEGAR: LATAM Airlines Brasil;

TEMPERATURA DA ÁGUA: Bem gelada variando de 16 C à 22 C;

MELHOR ÉPOCA: Podemos dizer que está área é muito constante, sua costa recebe todos os tipos de ondulações e ventos em todas as épocas do ano. De Março a Julho (Vento e Ondas) e de Dezembro a Março (Ondas);

IMPORTANTE: Fique esperto com muitos peruanos na água, respeite-os, pois eles podem ser bem chatos.

Acompanhe essa aventura em nossos canais e use a hashtag #vidanaagua para compartilhar.

Segue a galeria de fotos da TRIP !

Kite Ladies Trip 2017

Deixe uma Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Os campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>